Ontem lançamos um Desafio de Biologia no Instagram: @exatamentequimica

 

E a resposta correta é a letra C!

Entenda a razão por trás da resposta!

O procedimento clínico descrito na imagem simplifica o esquema de uma hemodiálise, cuja função é substituir o rim insuficiente, ou seja, filtrar e limpar o sangue.

A hemodiálise é indicada geralmente para pacientes que possuem algum acometimento agudo do rim, ou possuem insuficiência renal crônica, também conhecida como lesão tardia. Uma doença comum e que pode levar à insuficiência renal crônica é a diabetes do tipo 2. Uma vez iniciado o procedimento, grandes chances dele ser continuado por toda a vida do paciente, exceto em casos de transplante renal ou em alguns casos de insuficiência renal aguda.

Como que a hemodiálise funciona?

Através de um acesso vascular, o sangue vai até o dialisador, que através de uma membrana semipermeável retira o líquido e as toxinas em excesso e devolve sangue limpo para o paciente. Ou seja, a hemodiálise funciona como o Rim sadio deveria atuar no corpo do paciente.

Como sabemos, a principal função do rim é reabsorver água, íons e nutrientes necessários para nosso corpo, como glicose, sódio, potássio, e eliminar resíduos tóxicos derivados do metabolismo dos aminoácidos, no nosso caso, a ureia. Enquanto proteínas, como albumina, não são filtradas pelo glomérulo, ou seja, uma vez que o rim começa a eliminar proteínas, isso denota uma falha na sua função.

E é por este motivo que a resposta do nosso desafio é a letra C.

Gostou do #ExatamenteDesafio da semana? Fique ligado no nosso Instagram: @exatamentequimica e bons estudos!